20º mês de vida do Kiko


O Kiko é um menino muito despachado e bastante desenvolvido para a sua idade, não tivesse ele um irmão mais velho. Já fala muito bem e sabe explicar-se na perfeição. “Onde estás mamã?” “Quero água.”        “Não quero.” “Quero sopinha.” são algumas frases que ele já diz.
Continua com uma personalidade bastante vincada e é teimoso como uma mula. Sabe defender-se do irmão apesar de perder sempre, já que o Didi tem mais força.
Come desalmadamente, se não formos nós a controlar o que come, tudo o que lhe aparece à frente ele ingere. O rapaz gosta mesmo de comer.

O mês da chupeta.
O Didi deixou a chupeta com 29 meses, mas acabou por substituir a chupeta pelo dedo e ainda hoje ele põe o dedo na boca. Podia ter voltado atrás e oferecer-lhe novamente a chupeta mas como tinha sido ele a querer deixar, não achei que fosse uma boa solução. Não me importo minimamente que ele mame no dedo, eu também o fiz até bastante tarde, por isso não sou nenhum exemplo, na devida altura irei incentivá-lo a deixar.

No entanto, para não correr o risco com o Kiko, optei por lhe tirar já a chupeta e com ajuda da Arca dos Tarecos conseguimos em 3 dias fazer com que ele deixa-se a chupeta. Custou mas realmente os 3 dias de que tanto se fala são verdade, ele simplesmente esqueceu-se da chupeta e mesmo ao ver os outros meninos não mostra qualquer interesse, e o mais positivo da experiência é que até agora não colocou o dedo na boca.
Na escola ele já não usava chupeta, só mesmo para dormir. Quando chegava, entregava a chupeta à educadora mas quando o ia buscar a primeira coisa que ele pedia era a dita. Na reunião de pais discutimos o assunto e achamos por bem iniciar o processo de desmame. É um trabalho de equipa, não podemos esquecer que a educadora e a auxiliar conhecem tão bem os nossos filhos quanto nós, afinal passam imenso tempo com eles.
O primeiro momento foi no sono da escolinha, e correu bastante bem, apesar de ter demorado mais tempo a adormecer acabou por faze-lo sem chupeta. A grande prova seria à noite, e não é só o Kiko que tem de ultrapassar esta etapa, a mãe também tem de estar preparada a dormir menos nesse espaço de tempo. Demorou adormecer, andou às voltas na cama e perguntou várias vezes pela chupeta, mas acabou por adormecer sem ela, o pior mesmo, foi a meio da noite em que não parava de chorar e por mais que tenta-se o acalmar não conseguia e acabei por lhe dar a chupeta.
O dia seguinte foi exatamente igual ao primeiro. A mudança surgiu no terceiro dia, quando ele simplesmente dormiu a noite toda sem a chupeta, e a partir desse dia até hoje nunca mais houve chupeta.

 

4 comentários:

  1. Que bom :)
    É uma vergonha eu dizer que a minha princesa com 3 anos ainda tem chupeta mas está muito difícil ,os teus menino são mesmo os homenzinhos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu medo era esse e depois nós somos piores que eles, não gostamos de ver os nossos filhos a sofrer, por isso é que o Didi ainda usa o dedo, ainda não tive coragem de lhe colocar o verniz amargo. Será a meta dos 4 anos...

      Eliminar
  2. Desculpa só vi agora a pergunta, o pai ajuda mas eu trato de praticamente tudo é como dizes ele tem sempre coisas para fazer e como trabalha por conta própria ainda pior ,contigo também é assim ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, o meu também trabalha por conta própria.

      Eliminar

Poderá também gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...